quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Terror – Elementos Armados invadem Guamaré para cometer

A PM desconfia que o alvo dos bandidos era o Banco do Brasil. O fato aconteceu por volta das 02h00min da madrugada desta quinta (30) na cidade de Guamaré.

Tenente QOPM Silva Neto e Subtenente PM  Carlos "Na batalha"

Ação - Uma quadrilha composta com vários homens encapuzados, usando luvas, roupas pretas, e armados de fuzis e pistolas agiu com em Guamaré. Todo terreno foi preparado para a ação criminosa; os bandidos espalharam grampos na pista nas proximidades da comunidade de Baixa do meio, na COHAB e também na estrada do óleo que dá acesso a cidade de Guamaré.

Dois carros com vários homens chegaram a Rua Noé Nunes da Silveira, bem no centro da cidade, se depararam com uma viatura da guarda municipal que fazia a ronda ostensiva, daí os guardas desconfiaram e se aproximaram com o intuito de identificar os carros suspeitos, porém foram surpreendidos pelo o grupo que efetuou vários disparos em direção a viatura, momento este, que os Guardas Municipais saíram do local se defendendo dos tiros e  pediram apoio a policia militar.

Policiamento de Macau e João Câmara estiveram

desde as primeiras horas da manhã trabalhando na região em busca

de informações que levassem aos indivíduos

Enquanto isso:

Grampos pontiagudos colocados pela quadrilha na pista

O bando fez de refém o vigia patrimonial noturno que viveu momentos de tensão dentro do carro dos bandidos, ele foi solto na fuga no distrito de Salina da Cruz a 3 km da sede do município.

Preocupados, os bandidos iniciaram uma perseguição à viatura da guarda municipal. Fugindo da fúria da quadrilha, o carro da guarda  adentrou na orla do Rio Aratuá, subiu o canteiro parou dentro do mangue, e amedrontados temendo uma execução os homens da Guarda Municipal,  que não quiseram seus nomes divulgados, saíram da viatura correram de mangue a dentro e se esconderam dentro da água salgada e folhagem enquanto chegava o reforço policial, os bandidos continuaram atirando com armas de calibre 380 e 12.

Quando o subtenente Luiz Carlos de Souza saiu de Baixa do Meio em seu carro para dá apoio a guarnição, ao entrar na RN 401, ele foi surpreendido com os grampos pontiagudos na pista, tendo os quatros pneus furados, os policias, Sargento Dimas e o soldado Calisto deram apoio ao responsável pelo o destacamento de Guamaré e foram atender a ocorrência. 

No mesmo momento a viatura do GTO de Macau também teve os pneus furados ao entrar na RN 221, outra viatura deu apoio ao Grupo Tático de Operações. Fato este que os bandidos ganharam tempo e fugiram, desistido de persistir na ação. A Polícia desconfia que a desistência do assalto fosse temendo um confronto com a Polícia, haja visto que numa ação desta natureza na área da 1ª CIPM  a possibilidade de uma troca de tiro e morte de bandidos é inevitável.

Viatura da GM alvejada pelos bandidos

Lembrando que os Guardas municipais saíram do mangue após a chegada da PM, isso por volta das 5h da manhã quando se sentiram seguros da proteção policial, apesar dos momentos de pânico eles estão bem. Segundo o Subtenente Luiz Carlos de Souza, responsável pelo o destacamento de Guamaré, os acusados fugiram em dois veículos, mas diante da filmagem das câmaras, há um terceiro carro suspeito. As câmeras de segurança de comércios e da orla registraram toda a ação do bando na madrugada de ontem em Guamaré, com isso talvez facilite pra polícia a identificação dos elementos.

Major Fernandes não descansará enquanto não localizar
a quadrilha

O Major Fernandes determinou que os policiais realizassem buscas nos locais suspeitos de esconderijos pela região. 1º Tenente Silva Neto responsável pelo policiamento desde as primeiras horas da manhã já fez toda varredura na região em busca de pistas sobre a quadrilha. O Major Fernandes enviou policiamento extra para a cidade de guamaré para garantir mais segurança a população, já  que a população ainda se encontra assustada.

NOTA DO BLOG: Ressaltamos que o bandido só terá sua vida preservada enquanto não coloca a vida do policial ou qualquer outra pessoa civil em risco. Perante a lei no Brasil, temos que preservar a vida de ambas as partes “seja do delinquente ou da pessoa de bem”. Em caso de flagrante deve-se  recambiar a pessoa a Delegacia para os procedimentos legais, porém, em caso de resistência com troca de tiros, a preservação da vida do policial e da sociedade tem prioridade. Talvez este tenha sido o motivo o qual a quadrilha desistiu de enfrentar os policiais, também  por se encontrar na área da 1ª CIPM/Macau onde a polícia militar se dedica ao trabalho 24h, sair ilesos nesta situação não era fácil para a quadrilha. Fizeram bem em fugir! E se voltarem há riscos, melhor não arriscar.

Informações e fotos: Guamaré em Dia

Postado por Sargento PM Sandra

SARGENTO SANDRA

Poço Branco e mais seis municípios vão ganhar agência do Banco do Brasil.

images 

A continuidade do convênio entre o Governo do Estado e Banco do Brasil vai beneficiar mais sete municípios com a abertura de novas agências até o ano de 2013. Os municípios escolhidos foram Arez, Brejinho, Vera Cruz, Poço Branco, Campo Redondo, Montanhas e Cerro-Corá. Até o final deste ano estão garantidas as aberturas das agências em três deles: Arez, Cerro-Corá e Vera Cruz, os demais ficaram para 2013.

Os municípios beneficiados possuem entre doze a treze mil habitantes e as Prefeituras também ganharão com a comodidade dos pagamentos e transações financeiras do ente público. "É de extrema importância porque beneficia toda uma região, não só o município onde a agência vai ser construída. Atende também os turistas e pessoas que passam pela cidade e precisam de serviços bancários" afirmou a governadora Rosalba Ciarlini.

http://www.pocobrancoemfoco.com.br/post/62/poco-branco-e-mais-seis-municipios-vao-ganhar-agencia-do-banco-do-brasil/

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

SINDGUARDAS/RN: GUARDA MUNICIPAL DE CEARÁ-MIRIM FAZ ASSEMBLÉIA E REALIZA DEBATE COM CANDIDATOS A PREFEITO

 

GUARDA MUNICIPAL DE CEARÁ-MIRIM FAZ ASSEMBLÉIA E REALIZA DEBATE COM CANDIDATOS A PREFEITO

Neste dia 29/08/12, às 09h, a Guarda Municipal de Ceará-Mirim, além de realizar Assembléia da categoria, também organizou debate com os candidatos ao Executivo daquele município. Apesar dos 05 candidatos terem sido convidados, apenas 03(três) compareceram (Marcílio Dantas, Dedé Luz e Júlio César).

Na ocasião foram debatidos temas como: porte de arma, auxílio-alimentação, auxílio-transporte, federação regional de GMs e a regulamentação das GMs. 

Em relação ao porte de arma, foi denunciado que a prefeitura não pagou aos instrutores que haviam sido contratados para ministrar o curso de capacitação e devido a essa irresponsabilidade da atual gestão, a categoria tem encontrado muita dificuldade em prestar serviço em localidades com maior índice de violência. 

No tocante aos Auxílio-Alimentação e Auxílio-Transporte a categoria ainda não recebe e reivindica que sejam todos garantidos por Lei evitando assim que o gestor possa retirá-lo sem ter que pagar judicialmente. Infelizmente o atual prefeito Antônio Peixoto, apesar de ser da área de segurança pública, não se preocupou em pagar direitos básicos dos GMs que atualmente trabalham em escalas de 12 e 24h sem receber sequer a alimentação. 

A presidenta do SINDGUARDAS/RN explicou que as articulações para criação de uma entidade de nível  nacional, já estão sendo realizadas e que em breve esses profissionais terão mais essa nova ferramenta de luta. O objetivo da categoria é montar em breve, um escritório em Brasília, a exemplo de todas as categorias que buscam garantias estruturantes e para que dessa forma possam reivindicar de forma mais organizada, uma vez que em alguns momentos faz-se necessário aprovar alterações na constituição federal e também projetos de lei junto ao congresso nacional, como é o caso do que trata da regulamentação das Guardas Municipais ou seja, do Estatuto geral da categoria. 

Postado por SINDGUARDAS/RN

SINDGUARDAS/RN: GUARDA MUNICIPAL DE CEARÁ-MIRIM FAZ ASSEMBLÉIA E REALIZA DEBATE COM CANDIDATOS A PREFEITO

Do Blog: infelizmente a situação vivida pelos companheiros de Ceará-Mirim não e diferente da vivenciada por outras instituições.

Infelizmente aqui em Poço Branco apesar de o prefeito ter sido eleito com o apoio maciço dos Guarda Municipal isso não foi o suficiente para que o mesmo cumprisse com o compromisso assumido com a categoria, ou seja, nesses quatro anos (podemos dizer) nada de concreto foi feito pela categoria continuamos com as mesmas deficiências e dificuldades de dez anos atrás.

Essa administração desde o inicio sempre deu demostrações de que não tinha e não tem compromiso com nossa guarda Municipal, nossa pauta de reivindicações enquanto categoria nunca foi levada em consideração, muito embora seu objetivo e de buscar melhorias salariais, funcionas e o fortalecimento institucional, primando pela prestação de um serviço público de qualidade.

Pauta de reivindicações dos servidores da GMPB:

Melhorias nas condições de trabalho – implantação da ronda patrimonial, distribuição dos EPIs (Colete Balísticos, entre outros), auxilio alimentação para o serviço noturno e de 12 e  24 horas, auxilio transporte para os que moram fora do município.

Valorização funcional – Plano de cargos e salários, adicional de risco a vida, cadeia de comando próprio e adicional compatível com o nível de responsabilidade na cadeia de comando, curso de formação e reciclagem.

Reestruturação e Manutenção – Sede própria com mínima infraestrutura nescessaria a gestão de seus serviços, estrutura de radio comunicação, Concurso público para novos guardas.

No entanto o prefeito faz sua campanha tentando conquistar o apoio da categoria dizendo que no próximo mandato fará o que prometeu em 2008.

Noticias!

Secretária Nacional de Segurança Pública Regina Miki assinou a Portaria autorizando que todas as Guardas Municipais do Brasil tenham acesso ao INFOSEG

No dia 22-08-12, por ocasião da visita do Presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais Joel Malta de Sá na Secretaria Nacional de Segurança Pública a Secretária Nacional de Segurança Pública Regina Miki assinou a Portaria autorizando que todas as Guardas Municipais do Brasil tenham acesso ao INFOSEG.
O pedido de inclusão das Guardas Municipais do Brasil para acesso ao INFOSEG foi uma demanda do Conselho Nacional das Guardas Municipais apoiado pelo Conselho Nacional dos Secretários e Gestores Municipais em Segurança Urbana.
A Portaria será publicada no Diário Oficial da União, ainda esta semana.É uma grande vitória para todas as Guardas Municipais do país, segundo JOEL MALTA DE SÁ.
Com esta Portaria a Guarda Civil terá facilidades no acesso à Rede INFOSEG (Banco de Dados Nacional usado pela Justiça, Ministério Público, Receita Federal e polícias de todo Brasil). O benefício poderá ser obtido através de convênio firmado entre Município e Ministério da Justiça, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP).
A liberação da senha para acessar ao banco de dados da Rede INFOSEG esta sob responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública de cada estado através de um Gestor, que libera e define as regras de uso das senhas pelas Guardas Municipais e vinha tendo grandes dificuldades na aquisição deste benefício, mesmo com um Decreto Presidencial que estruturou a Rede Nacional de Informações de Fiscalização e Justiça – INFOSEG, (Dec. 6.138/06), reza (Art. 2º) o direito objetivo para que as Guardas Municipais ou Guardas Civis Municipais por meio de seus operadores acessem os dados confidenciais relativos à vida pregressa criminal de pessoas, situação jurídica de veículos automotores, pessoas desaparecidas e apreensões de drogas e entorpecentes.
Com esta PORTARIA as Guardas Civis consolida uma importante conquista no campo da tecnologia da informação no setor de segurança pública.
Esta regulamentação dará mais agilidade no atendimento ao munícipe por parte da GCM, que não irá mais precisar que outras corporações façam o trabalho de pesquisa. A partir desta Portaria o próprio agente da Guarda acessa a Rede INFOSEG e pode repassar ao seu companheiro de trabalho a informação de forma rápida e ágil, Isso evita, abusos, constrangimentos, até mesmo condução do cidadão de forma indevida.

Esta ferramenta propiciará no dia-a-dia dos agentes tranquilidade, confiança, eficácia e agilidade, segundo Mauricio Maciel, Hoje um número muito pequeno de guardas utilizam a Rede Infoseg e se torna indispensável para consolidar a nova regulamentação das Guardas que esta por vir, o texto já contempla como atividades das Guardas ações ambientais, fiscalização de Trânsito e presença preventiva no espaço público.
Sobre o INFOSEG
A Rede é uma ferramenta de integração das informações de segurança pública, Justiça e fiscalização, auxiliando também a atividade de inteligência. A partir do seu banco de índices, disponibiliza dados de inquéritos, processos, armas de fogo, veículos, condutores, mandados de prisão, dentre outros, mantidos e administrados pelas unidades da Federação e órgãos conveniados. O acesso à Rede Infoseg é restrito aos agentes nacionais de segurança pública, Justiça e fiscalização.
Mauricio Maciel.

GUARDA MUNICIPAL DE JARDIM DO SERIDÓ: Secretária Nacional de Segurança Pública Regina Miki assinou a Portaria autorizando que todas as Guardas Municipais do Brasil tenham acesso ao INFOSEG

Cmt do DPM de Guamaré

Subtenente Carlos se surpreende com

um inusitado pedido dos Presos

Em uma das reuniões de rotina realizada periodicamente no destacamento policial da Cidade de Guamaré, o Subtenente Luiz Carlos de Souza se surpreende com atitudes de alguns apenados. Os mesmos se disponibilizaram ao serviço voluntariado para a recuperação da delegacia.

clip_image001

Reunião na DPM de Guamaré - À direita Subtenente Carlos

Foto: Guamaré em Dia

O Pedido veio por parte da maioria dos 24 Detentos, que pediram ao subtenente para reformar a própria delegacia onde foi palco de duas rebeliões, fugas e depredações.

A estrutura do prédio está toda comprometida, os presos pediram um voto de confiança ao subtenente e o material para eles (Apenados) fazerem os serviços de mão de obra.

“Não queremos fugir, queremos pagar o erro que cometemos em paz, mas em um lugar para que posamos dormir tranquilo e receber nossa família em dia de visita”, disse o interno Francisco.

Nota do Blog - Embora reconhecendo os esforços da pessoa do Subtenente Carlos e a disponibilidade dos apenados, não podemos tirar a responsabilidade do estado nesta questão, que notoriamente está sendo omisso no cumprimento de seu dever. O subtenente Carlos tem sido um batalhador, fazendo o que nenhuma instituição de segurança pública faz. Este caso de Guamaré é inédito no Brasil, pois ganhar a confiança de um público difícil, de mentalidades conturbadas não é fácil. Os presos são bem claros - Querem liberdade! E por consideração ao responsável da DPM subtenente Carlos não pretende fugir, e sim, terminar a pena. Parabéns ao Subtenente Carlos pelo brilhante trabalho desenvolvido na cidade de Guamaré.

Postado por Sargento PM Sandra

Do Blog O Guardião: Essa e a realidade a que é submetida a população do Estado, pior ainda nas pequenas cidades do interior que alem disso ainda sofre com a inércia e indolência dos gestares municipais que mesmo estando diante de uma segurança pública estadual medíocre fingem que nada esta acontecendo enquanto a população clama por segurança em seus municípios, isso e uma vergonha.

Caros candidatos a prefeito e vereador, queremos menos discurso e mais recursos para a segurança pública municipal!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

CRIADA A GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA -RN.

No ultimo dia 24/08/2012,foi aprovada a Lei Municipal Nº 1004,na vizinha cidade de Cruzeta -RN, que instituiu a criação da Guarda Municipal de Cruzeta,dá suas referidas atribuições e certamente será uma iniciativa de grande valia para ajudar ainda mais a combalida segurança pública na nossa região, estado e país,na qual fará um trabalho em parceria com as Policias Estaduais ,auxiliando a segurança pública e protegendo os bens do municipio de Cruzeta e a população que deles usufrui.
A Guarda Municipal de Jardim do Seridó foi contactada ,para em parceria ,iniciar um trabalho de capacitação junto ao efetivo da localidade.Estamos iniciando as conversações nese sentido.
Direção Geral da GMJS.

CRUZETA COMPRA MOTOS PARA GUARDA MUNICIPAL

CANGUARETAMA – CHEGOU A GUARDA MUNICIPAL

  A cidade de Canguaretama estava em festa na noite de ontem(16). Chegou a Guarda Municipal. O prefeito Wellison Carlos, cumprindo mais um compromisso assumido em praça pública, entregou para a população de Canguaretama um efetivo de 30 homens para manter em segurança o patrimônio de todos. A Guarda Municipal de Canguaretama após desfilar pelo centro da cidade, perfilou-se para a população e autoridades municipais. Depois de receber a aprovação popular, a Guarda Municipal recebeu os cumprimentos do prefeito Wellison Carlos. Em recinto fechado, os novos defensores do patrimônio do povo de Canguaretama receberam os certificados pelo cumprimento dos requisitos exigidos durante o período preparatório. Fechando a cerimônia de apresentação da Guarda Municipal, o capitão Marconde, comandante do policiamento militar no município de Canguaretama, destacou a importância da criação da Guarda Municipal, parabenizando o prefeito Wellison Carlos pelo empenho em tornar realidade o sonho da população canguaretamense. No seu pronunciamento o prefeito Wellison Carlos disse que “a Guarda Municipal não só vai manter inviolável o patrimônio do povo, como vai garantir a segurança das famílias, com a sua presença nas ruas e comunidades”. www.blogdedaltroemerenciano.com.br/

O Guardião recebe colaboração da GM de Canguaretama.

  Brasao GM Canguaretama
Saudações em azul marinho aos nobres guerreiros de sangue azul de Canguaretama.
Nobres irmãos azuis marinho da GM de Canguaretama e com muita satisfação que resebo tão valiosa contribuição, o Blog O Guardião foi criado com o intuito sobre tudo de divulgar e contribuir para o desenvolvimento das guardas municipais de Poço Branco, e demais regiões do estado do RN.
Agradecemos a contribuição e desejamos sucesso a todos.
O Guardião.
Somos um portal de noticias e privilegiamos as guardas municipais do RN, sua GM e do RN? Envie-nos seu Brasão/Distintivo ou noticias que teremos um grande prazer em divulgar!






domingo, 26 de agosto de 2012

Blog do Mago: Segurança, municípios e a miopia da gestão. Por Dr. Marinho Mendes

Oculos fundo de garafa
Segurança, municípios e a miopia da gestão. Por Dr. Marinho Mendes
Sou estudioso do fenômeno segurança e acompanho com espanto e incredulidade a miopia dos seus gestores em nosso Estado, digo eu, mas creio que toda a população esclarecida encontra-se decepcionada, pois aguardávamos um verdadeiro choque de gestão, porém nos parece que tudo se encontra como dantes, sem qualquer novidade no “modus operandi” de gerir a segurança na Paraíba.
Atualmente os países se formam em blocos regionais, a sociedade se organiza em rede e a segurança não pode ser diferente, já se foram os tempos de isolamento e de autoritarismo que nada resolveram, retirem suas fardas, seus paletós encomendados e façam o que abaixo anemicamente sugerimos.
Temos plena certeza que faltam projetos, propostas, planejamento, e o choque de gestão já poderia ter ocorrido, se os gerentes da segurança pública no Estado tivessem procurado os municípios e proposto o seguinte:
Os municípios podem, a lei não proíbe, que coloquem câmeras nas principais artérias e periferia da comuna, vez que vigiariam o próprio patrimônio público e serviriam de fonte de dados para as polícias, bem como, com o apoio da própria área de segurança, seriam criadas em todas as urbi a guarda municipal, hoje existentes apenas em algumas.
E mais, temos dito que segurança pública exige uma visão holística, não somente de prender e outros atos de repressão, mas segurança significa conversar com as outras áreas de governo, a exemplo de educação, esportes, cultura e saúde e junto aos municípios viabilizarem por parte destes, as mais variadas políticas públicas, como por exemplo: calçamento de comunidades carentes (favelas), já que a urbanização e isto é fato, afugenta o tráfico de drogas, a iluminação pública em toda a cidade e mais intensa naqueles núcleos mais violentos deve ser uma preocupação constante, por ser também causa de expulsão do crime. O fora da lei atua em áreas de difícil acesso às forças de segurança.
Mas a construção de quadras de esportes, de espaços para atividades esportivas e culturais, isto tudo em nível de municípios, tem uma importância inavaliável para o combate à violência e isto ainda não foi captado, devido à miopia daqueles que deveriam apresentar à Paraíba e aos paraibanos uma gestão de segurança renovada, antenada com os anseios dos cidadãos hodiernos e que pudesse chocar, no bom sentido a todos nós, demonstrando uma nova forma de se fazer segurança, mas para isto necessita-se de homens que vêem muito longe e não de míopes que enxergam apenas o óbvio, o 1, 2, 3, 4 dos quartéis e a instauração do devido inquérito nas delegacias, isto é muito pouco, o mundo avançou e não tolera mais gestores assim Senhor Governador.
E o combate às drogas, qual o projeto apresentado? Os municípios poderiam ter centros de reabilitação de dependentes químicos, e sendo demasiadamente complexo e custoso o tratamento, que existissem esses núcleos de tratamento a nível regional, mas cadê? O responsável por essa área pouco fala ou falou, depois que verberou que uma boate de pomposos era antro de consumo de drogas, calou-se, sumiu, silêncio tumular nessa área, exigindo mexida, por isso disse anteriormente, que as mexidas no setor de segurança foram incompletas, com sérios prejuízos para a população.
Os municípios poderão entrar nessa luta, mas os gestores da segurança precisam possuir olhares para essa temática, não devem desconhecer que 57% dos eleitores (em João Pessoa) tem como preocupação maior a segurança e com vontade, humildade, pés no chão e acreditando nesse jeito novo de se administrar, devem os gestores dessa área de governo tão sensível, saírem dos seus gabinetes e eles próprios, sem prepostos, se dirigirem a todos os prefeitos e chamá-los para formarem uma grande parceria, com o desencadeamento de ações paradigmáticas das acima sugeridas e tenho a mais plena de todas as convicções, serão  apoiados pela maioria, basta colocar o peso de suas pastas e do governo e a cosia vai, mas para tanto, precisam realizar a cirurgia refrativa para correção da falta de visão administrativa e se tivessem humildade, o melhor mesmo seria ceder o lugar para quem tem boa visão ou já se submeteu a operação de correção da miopia intelectual, da arrogância e da falta de competência para gerenciar tão importante setor de um governo.
Por Dr. Marinho Mendes
 
Do Blog: O texto acima e direcionado a situação da segurança pública no estado da Paraíba, vizinho nosso, no entanto e muito pertinente e retrata a realidade da segurança publica e seus gestores na maioria dos estados do Brasil e serve como alerta para a falta de principalmente visão e compromisso por parte dos gestores públicos com a Segurança Pública.
E nosso município a questão passa despercebida, é nem nos momentos críticos (assaltos ao comercio, tentativas e assassinatos que na maioria das vezes estão ligados ao trafico e consumo de dragas) sensibiliza as autoridades competentes (ou Incompetentes) e nada efeito esperando que as forças estaduais de a resposta para a sociedade já que as autoridades municipais são incompetentes.
Essa incompetência tanto por parte do prefeito quanto por parte dos representantes do povo (vereadores) fica evidente diante da falta de uma política seria de segurança e do descaso e fragilização do aparato de segurança do município.
Diante desse retrato caótico esta a sociedade que prefere sofre calada diante de tanta irresponsabilidade, descaso e desrespeito a direito tão fundamental e necessário ao convívio social achando que não pode fazer nada, no entanto assim como somos obrigados a escolher um representante temos o dever para com nos mesmos de escolher um que tenha capacidade de atender as necessidades tão primordiais e responsabiliza-lo quando isso não for atendido excluindo através do voto o banido, tirado dos maus gestores a possibilidade de voltarem a administra a coisa pública.

Orelhões da Oi farão ligações gratuitas em Parazinho e mais 62 cidades do RN.

Porque Poço Branco ficou de fora?

Algem ou algum político preocupado com Poço Branco poderia me responder?
clip_image001
A falta de orelhões e o grande número de aparelhos quebrados e sem funcionamento no País levaram a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a determinar que as chamadas locais de fixo para fixo a partir de orelhões da Oi – em 2.020 municípios – sejam gratuitas até que os problemas sejam resolvidos. A lista, que contém 63 municípios do Rio Grande do Norte.
Para usufruir da gratuidade – que começa a valer no dia 30 de agosto – o usuário deverá apenas digitar o número do telefone fixo. “Os orelhões deverão funcionar mesmo sem o cartão telefônico. Caso a pessoa insira o cartão no aparelho, esse não poderá queimar os créditos”, explicou o superintendente de Universalização da Anatel, José Gonçalves Neto.
Segundo ele, em 1.724 desses municípios o problema são os orelhões quebrados. Nesses casos, a gratuidade poderá ser encerrada após o dia 30 de outubro, caso a Oi alcance pelo menos 90% de funcionalidade desses equipamentos. Hoje, esse índice está em 86%.
Já nas cidades restantes – espalhadas em 21 Estados -, o problema é a falta de orelhões para o atendimento da população. Nessas localidades, a gratuidade da Oi deverá durar pelo menos até 31 de dezembro.
No Mato Grande as cidades com direito ao benefício:
Touros
João Câmara
Parazinho
Maxaranguape
Pureza
São Miguel do Gostoso
São Bento do Norte
Jardim de Angicos
Bento Fernandes
Ceará-Mirim
João Câmara
http://www.pereirosrn.blogspot.com.br/2012/08/orelhoes-da-oi-farao-ligacoes-gratuitas.html

Não sei quais os critérios usados para excluir Poço Branco, tenho certeza de uma coisa à meta de quatro orelhões para cada 1000 habitantes com certeza não e cumprida em nossa cidade.

Eu desafio qualquer um a encontrar (quebrado ou funcionando) 50% do que a meta estabelece para o município.

Isso sim deveria ser visto e discutido nas redes sociais pelos poçobranquenses ao invés de sermos obrigados a aguentar uma enxurrada de comentários sem propósito verdadeiramente positivas para a coletividade poçobranquense.

As pessoas deveriam canalizar suas forças e seu tempo ociosos em prol de algo que busque melhorias coletivas ou a defesa de nossos direitos coletivos, os candidatos já são grandes o suficiente para se defender ao invés de ficarem se escondendo por traz dos argumentos pouco inteligentes e passionais, ao invés disso, o eleitor consciente de seu papel exige, cobra que seus possíveis candidatos defendem a sim e a seus planos de Governo explicando aos eleitores como, quando, quais os recursos, é de onde esses recursos saião e não fomentando o apartheid ou segregação política, pois no final das contas o político inimigo de hoje e um impotência aliado de amanhã, quem perde e a população que perde tempo lutando por poucos em detrimento dele e de muitos

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O Guardião.: ONG VAI DENUNCIAR DESCASO DE PREFEITOS E VEREADORES COM AS GUARDAS MUNICIPAIS EM DEFESA DO POVO.

 

Data: 09/06/11

Como pode? Nos dias de hoje? Prefeito como este cidadão, que não acorda para a nova realidade e esperança na Segurança Pública querer permanecer no meio político? Nas próximas eleições só vai ser reeleito ou eleito, prefeito que ao perceber que o governo do estado não resolve estas questões de segurança pública, ter a percepção e investir nas Guardas Municipais para atender o clamor da população de sua cidade, oferecendo assim, mais segurança à sociedade local. Nós estamos alertando os Senhores prefeitos e vereaores que se não se preocuparem com o povo, estaremos na sua cidade alertando cada cidadão e cidadã sobre o descaso com a Guarda Municipal de suas respectivas cidades e para aqueles que investirem, também estaremos informando e agradecendo.

Por Naval - Presidente da ONG SOS Segurança dá Vida

O Guardião.: ONG VAI DENUNCIAR DESCASO DE PREFEITOS E VEREADORES COM AS GUARDAS MUNICIPAIS EM DEFESA DO POVO.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

RIO 2016 : Novas moedas de 1 Real e de 5 Reais serão lançadas pelo Banco Central em comemoração as Olimpíadas do Brasil em 2016 !

 

RIO 2016 : Novas moedas de 1 Real e de 5 Reais serão lançadas pelo Banco Central em comemoração as Olimpíadas do Brasil em 2016 !

 

 

 

 

 

 

O Banco Central do Brasil divulgou nesta quinta, que lançara novas moedas em agosto em comemoração as olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016. Uma nova moeda de R$ 1 Real será lançada, e uma inovação : moeda de R$ 5 Reais.

Serão produzidas cerca 2.016.000 moedas, uma parte delas para colecionadores, a outra para o mercado nacional, que serão colocadas em circulação por meio das redes bancárias.

Esta inovação para as Olimpíadas, surgia de uma parceria com a Casa da Moeda e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

Blog de Pereiros | Parazinho/RN

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Nota de pesar.

clip_image002

O Guardião neste momento se solidariza com o companheiro de Sangue Azul e Irmão de Farda GM Ivanilton Fabio pelo falecimento de seu amado mestre (Pai) ocorrido no dia 20 de Agosto de 2012, as 21:10hs.

Andar com Fé.

Andar com fé é saber que cada dia é um recomeço. É saber que temos asas invisíveis e fazer pedido para as estrelas, voltando os olhos para o céu.
Andar com fé é olhar sem termos as portas desconhecidas com a mão estendida para dar e receber.
Andar com fé é usar a força e a coragem que habitam dentro de nós, quando tudo parece acabado.
"Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria."
Tudo, menos o amor, pois este sempre viverá.

O Guardião

Guardas Municipais reivindicam unificação estrutural e criação de plano de carreira específico.

Ir para página inicial

Natal, 21 de Agosto de 2012 | Atualizado às 11:09

A Guarda Municipal, categoria integrante da Segurança Pública Municipal, tem "a função de proteção municipal preventiva e comunitária,ressalvadas, quando presentes, as competências da União, dos Estados e do Distrito Federal". O trecho está no artigo 2 do Capítulo I do Projeto de Lei nº 1.332, de 2003, de autoria do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), e dispõe as atribuições e competências comuns das Guardas Municipais do Brasil.

DivulgaçãoMargareth Lima, presidente do Sindguardas/RN

Margareth Lima, presidente do Sindguardas/RN

"O artigo 144 da Constituição Federal, que trata da segurança pública, permite a criação das Guardas Municipais, sem deixar claro quais são exatamente as funções e os deveres dos guardas" iniciou Margareth Vieira de Lima, presidente do Sindicato de Guardas Municipais do RN (Sindguardas/RN). Em greve buscando reestrutração salarial junto ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal, Sinsenat, a categoria agora luta pela aprovação de um Projeto de Lei que unifique nacionalmente os direitos e deveres dos Guardas Municipais.
De acordo com a presidente do Sindguardas as reivindicações tratam, de um modo geral, de reestruturação da carreira desta categoria. Os principais pontos discutidos são a regulamentação das Guardas, expondo seus direitos e deveres de modo unificado nacionalmente; forma de ingresso padronizado como nível médio, mudando a atual situação desses guardas que, em Natal, ainda são considerados trabalhadores de serviços gerais; porte de armas,que é permitido mas o processo é mais burocrático que demais categorias da Segurança Pública, como a Polícia Militar; aposentadoria especial e integral (reivindicação geral da Segurança Pública), que não tire desses servidores os direitos e gratificações que recebem quando em serviço; criação de um "setor" de formação das Guardas Municipais em cada município, promovendo uma parceria entre a guarda e os diversos setores da Polícia, sem gerar dependência; além de um Plano de Cargos e Carreiras específico da categoria.
A representante do Sindguardas/RN disse ainda que essas reivindicações são necessárias para que haja bom funcionamento da categoria, cumprindo suas funções corretamente e regularmente. Para ser aprovado o Projeto de Lei 1332 que "regulamenta e disciplina a constituição, atuação e manutenção das Guardas Civis Municipais como órgãos de segurança pública em todo o Território Nacional", e que já teve parecer favorável pela Câmara dos Deputados, seja aprovado também no Senado, para que então a decisão chegue à Presidência. Foram indicados dois deputados federais por região para articular a categoria, assim como manter a ação política para a aprovação deste PL. No nordeste, os deputados federais que ficaram responsáveis por esta articulação foram Amauri Teixeira (PT-BA) e Luiz Couto (PT-PB).
Outra reclamação feita pelo Sindicato dos Guardas Municipais, agora de forma estritamente local, é em relação às atitudes do governo municipal com a categoria. Margareth Lima disse que o Estatuto próprio da Guarda Municipal de Natal não está sendo cumprido pela Prefeitura, que também extinguiu a gratificação por deslocamento e reduziu em 80% o valor do Adicional Noturno. Outro ponto discordante entre os trabalhadores e o governo gira em torno da Vantagem Individual de Caráter Transitório (VICT) que prevê o "congelamento dos salários pelos próximos dez anos", de acordo com a presidente do sindicato.
Carla Lenes, secretária de finanças do Sindguardas/RN, discutiu ainda a confusão de atividades e funções entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar, relacionando com a "interiorização da criminalidade". Atualmente 23 municípios contam com sua própria Guarda Municipal, em todas as regiões do Estado, totalizando 513 guardas no efetivo. O problema, de acordo com Carla Lenes, é que nos interiores onde a Polícia Militar não está presente, a Guarda Municipal acaba responsável por estas funções. Com esta não especificação de atividades além do não reconhecimento da especificidade da carreira, o Sindguardas foi formado para organizar a categoria aqui no Estado.
Proteção Ambiental
A secretária de finanças falou também do Grupo de Ação Ambiental da Guarda Municipal de Natal (GAAM), que conta com uma média de 50 pessoas para proteger o patrimônio ambiental municipal, além das funções básicas da Guarda. Outra função do GAAM é de acompanhar a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) nas fiscalizações, para dar segurança aos fiscais, muitas vezes ameaçados pelos cidadãos, prestes a ser multados. Contando com um percentual especializado na área de Gestão Ambiental o Grupo tem permissão de apreender animais silvestres em caso de irregularidades. Com orientação da promotora de Meio Ambiente, Gilka da Mata, Carla Lenes ressalta que "a principal função do GAAM é coibir o dano ambiental".

http://tribunadonorte.com.br/noticia/guardas-municipais-reivindicam-unificacao-estrutural-e-criacao-de-plano-de-carreira-especifico/229241

Política Pública de Segurança Municipal, um direito, uma necessidade urgente!

 

clip_image002

O município de Poço Banco segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE tem atualmente uma população acima de 14.000 habitantes é a segunda maior cidade da região do Mato Grande, além de estar a pouco mais de 40 minutos da capital do estado, esta próxima a duas grandes cidades Ceará-Mirim e João Câmara.

Assim como a maioria das pequenas cidades vitimas da deficiência no aparato de segurança do estado, Poço Branco passa por sérios problemas de insegurança e violência, fato e que parte da responsabilidade pelos problemas vivenciados no município está lidado a falta de uma política de segurança municipal, já que os prefeitos não colocam como prioridade o enfrentamento aos problemas de (in)segurança e violência, já que convenientemente para os prefeitos essa e uma “responsabilidade do estado”.

No entanto, a Constituição (1988) estabelece (capitulo II art. 6º) a segurança como um direito social e pelo fato da segurança pública ser um serviço essencial de função própria da administração pública está intimamente relacionado com as atribuições do Poder Público e não pode ser delegado, e ainda corrobora a questão dizendo que a segurança pública e dever do estado que e representado pela União, ou seja, Distrito Federal, Estados e Municípios (CF 1988. Capítulo III Art.144).

Portanto analisando os planos de governo dos candidatos a pretenso futuro prefeito não percebemos nem uma iniciativas que busque implementa uma política clara e sustentável de segurança e de enfrentamento a violência, nos decepcionamos pois infelizmente não são condizentes com as reais necessidades de um município com as características que tem Poço Branco.

E por ser esse um tema que interfere fundamentalmente nas relações sociais e no desenvolvimento do município que estamos disponibilizando uma forma de interferir propositiva e positivamente neste processo servindo de interlocutor entre a sociedade e os futuros candidatos através de questões objetiva sobre o tema Segurança Pública Municipal.

Se você tivesse alguma pergunta para os candidatos a prefeito de poço branco tendo a segurança pública municipal como tema, participe deixando sua pergunta no mural de recados ou pelo e-mail oguardiaogmpb@gmail.com e faremos seu questionamento chegar ate os candidatos e publicaremos suas respostas aqui no blog.

O Guardião.

domingo, 19 de agosto de 2012

O que é a Guarda municipal?

Distintivo

Doutrina

Guarda Municipal é a denominação utilizada no Brasil para designar as instituições que podem ser criadas pelos municípios para colaborar na segurança pública utilizando-se do poder de polícia administrativa delegado pelo município através de leis complementares.

A Guarda Municipal é uma instituição de segurança pública municipal de caráter civil, uniformizada e armada de acordo com a lei federal N° 10.826, sendo subordinada ao prefeito da cidade, tendo como finalidade precípua o dever de gerar segurança nos limites do município.

A Guarda Municipal é um dos poucos órgãos, senão o único, de prestação de serviço público municipal, que está inserida na Constituição Federal, tamanha a sua importância frente à segurança pública local.

Algumas administrações locais têm utilizado a denominação Guarda Civil Municipal para designar o órgão em cidades do interior e Guarda Civil Metropolitana para as grandes capitais do Brasil. A denominação "Guarda Civil" é oriunda das garbosas Guardas Civis dos Estados, extinta durante a ditadura militar.

É tão clara a intenção do constituinte de admitir uma atividade de polícia administrativa pelas guardas municipais, que houve por bem inseri-las no art. 144.§ 8º - Os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei.

Assim a atuação das guardas se resume a uma atividade comunitária de segurança urbana, apoiando os órgãos policiais estaduais e federais quando solicitadas.

Do Blog: Em breve faremos uma análise comparativa relacionando o texto como a Guarda Municipal de Poço Branco.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Guarda_Municipal_(Brasil)

http://www.guardamunicipal.com.br/

O Guardião.

sábado, 18 de agosto de 2012

Armamento Não Letal (de Baixa Letalidade).

clip_image002clip_image004

          Modelo TASER.                               Modelo Condor.

PISTOLA DE CONDUTIVIDADE ELETROMAGNÉTICA.

O que é TASER? : O taser como e conhecida à pistola de condutividade é uma arma de eletrochoque semiletal (de baixa letalidade) que libera uma descarga eletromagnética com a capacidade de imobilizar momentaneamente o alvo atingido (pessoas, ou animais de pequeno médio porte).

Onde adquirir TASER? : a empresa Taser International fabrica e vende diversos modelos de armas de eletrochoque, popularizando seu uso principalmente pelas polícias de diversos países, no entanto hoje ja esiste uma fabricante nacional com tecnologia cemelhante, o modelo e produzida pela Condor tecnologias Não Letais. O modelo mais vendido da TASER custa em media: R$$ 1.100,00 a Pistolo e R$$ 50,00 o cartucho, já o modelo nacional (da Condor) custa em madia R$ 2.100,00 a pistola e R$ 100,00 o cartucho.

Quem pode adquirir e usar o TESER? : Por ser PRODUTO CONTROLADO a Pistola de Condutividade Elétrica só pode ser fornecido para os Órgãos de Segurança Pública Municipais, Estaduais e Federais e impressas de segurança privada. Seu uso esta condicionada a habilitação mediante curso especifico de operador de Pistola de Condutividade Elétrica. Ainda assim, de acordo com a Legislação Brasileira, mesmo os Órgãos Governamentais ou impressas de segurança privada devem obrigatoriamente solicitar prévia autorização à DFPC - Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (Exército Brasileiro - Ministério da Defesa) para poder comprar produtos da marca TASER (www.taser.com.br).

O Guardião.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

“IMPRUDÊNCIA” Fica Aqui o Alerta.

 

Jovem de 15 anos é esmagada

durante Passeata Política em Apodí-RN

A falta de bom senso das pessoas, muitas vezes tomadas pela euforia e emoção durante comícios e passeatas políticas tem vitimado pessoas durante percurso nas eleições deste ano em algumas cidades, bem como, o excesso de bebidas alcoólicas e deslocamentos indevidos de forma irresponsável.

Tudo isto é retratado através das imagens da passeata onde uma adolescente foi esmagada por "paredão de som" ao cair de cima de um carro em passeata na cidade de Apodi-RN..

1º Erro - Passeatas em Ruas sem sinalização  envolvendo

grande números de pessoas

2º Erro - Pessoas tomadas pela emoção não medem as

consequencias e se arriscam em cima de carros durante percurso.

Após Tragédia as pessoas ficam chocadas, lamentam,

choram, mas é tarde para reparar as falhas que deveriam ter sido evitadas

A jovem Camila Danikely Gurgel de França, 15 anos, estudante, moradora da Rua José Martins de Vasconcelos, bairro Lagoa Seca, vinha em cima de um paredão de som, quando caiu, e foi atropelada pelo paredão que passou por cima do seu tórax.

O fato se deu na noite deste domingo (12), durante uma passeata do Sitio Sororoca à cidade de Apodi.

Segundo informações repassada pela Policia Militar, o condutor do veículo informou que havia pedido por várias vezes que a jovem não subisse no paredão, pois era perigoso, e que em um certo momento sentiu o carro balançando como se tivesse passado por cima de algo, quando parou, percebeu a mesma caída gritando de dor.

A vítima foi levada para o Hospital de Apodi, e ainda chegou a ser transferida para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró, mas antes mesmo da entrada da cidade de Felipe Guerra, veio a óbito.

Fotos de Camila ferida ainda com vida,

que foi a óbito horas depois.

Apesar da tristeza e dor dos amigos e familiares da jovem Camila, torcemos que pelo menos que este trágico acidente sirva de exemplo, não só para as pessoas que participam destes movimentos, mas também para os organizadores desse tipo de evento, que comumente mexe com a emoção das pessoas, principalmente com a “cabeça” dos jovens que pulam e dançam atrás dos paredões ao som de músicas chamativas e paródias elevando o nome de seus candidatos.

Postado por Sargento PM Sandra

SARGENTO SANDRA

Do Blog: Mesmo diante dos fatos ninguém pode dizer nada, pois corre o risco de ser tachado de opositor ate mesmo por aqueles que inconsequentemente colocam sua segurança em risco, no entanto alguém deve ser responsabilizado e as autoridades devem tomar providencias para que mais casos não ocorram. Outra questão a ser discutida diz respeito ao compromisso dos candidatos já que diante dos fatos os mesmos mostram que há um abismo entre a pratica e a teoria dos discursos principalmente quando a questão e a segurança dos cidadãos, como organizar uma cidade se eles nem conseguem organizar uma atividade política de modo a oferecer a mínima segurança aos participantes, O certo e o certo, mesmo que por conveniência as pessoas continuam fazendo o errado,

O Guardião

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Curso Gratuito a Distancia.


Criana Segura
A CRIANÇA SEGURA desenvolveu um curso que vai ensinar a prevenir acidentes e proteger as crianças e adolescentes de riscos como atropelamentos, sufocações, quedas, queimaduras e outros. Multiplique esta causa em sua comunidade! Sobre o Curso
• Realizado totalmente pela internet;
• Inclui artigos, vídeos e atividades práticas;
• O participante elabora um plano de ação para multiplicação da causa na área e/ou comunidade que atua;
• a certificação é condicionada à entrega de um relatório de atividades para comprovação das ações realizadas. Este curso é destinado a:
Profissionais com perfil multiplicador das áreas: educação, saúde, social, trânsito, lideranças comunitárias, etc. Como participar:
Inscrições: de 13 de agosto a 14 de setembro
Início do curso: 18 de setembro
Carga horária: 60 horas
Vagas: 800 Clique aqui e inscreva-se agora para
participar deste curso.
Criana Segura
Visite Criança Segura em: http://criancasegura.org.br/?xg_source=msg_mes_network







O Guardião

domingo, 12 de agosto de 2012

Greve, esse também e o grito de ordem para municípios do RN.


Greve na Guarda Municipal do Natal

Por todo país servidores do estado (órgão Públicos) se já na esfera Federal, Estadual ou Municipal estão sobre indicativo ou em greve em sua grande maioria pedindo melhores condições de trabalho e reajustes de salários.
Essa e a forma de chamar a atenção da sociedade e dos gestores, já que só paralisando e expondo a falta de condições de trabalho a sociedade e que conseguimos trazer os gestores para a mesa de negociação com propostas objetivas.

Questões Locais:
Estamos sempre buscando encaminhar em via de o consenso sensibilizar a administração das deficiências, necessidades e formas de contorna-las minimizando os problemas.
Atualmente a Guarda Municipal de Poço Branco – GMPB não oferece nem uma condição do ponto de vista dos seus recursos estruturais (Recursos Humanos, Equipamentos e instrumentos legais) que possibilite programar ação ou projeto que possa englobar as atuais necessidades sociais através de uma política pública eficiente. No entanto, observamos que tal organismo público presta um serviço ineficiente justamente pela falta de tais recursos estruturantes.
Nossa pauta de reivindicações enquanto categoria tem o objetivo de buscar melhorias salariais, funcionas e fortalecimento institucional, primando pela prestação de um serviço público de qualidade.

Pauta de reivindicações dos servidores da GMPB:

Melhorias nas condições de trabalho – Sede própria com mínima infraestrutura, estrutura de radio comunicação, implantação da ronda patrimonial, aquisição e distribuição dos EPIs (Colete Balísticos, entre outros), auxilio alimentação para o serviço noturno e de 24 horas, auxilio transporte para os que moram fora do município.
Valorização funcional – Plano de cargos e salários, adicional de risco a vida, cadeia de comando próprio e adicional compatível com o nível de responsabilidade na cadeia de comando, curso de formação e reciclagem.
Manutenção do efetivo – Concurso público para novos guardas.
A aplicabilidade da proposta em tela justifica-se em razão do exercício de poder de polícia que os prefeitos possuem e que precisa ser posto em prática, na sua plenitude, sob pena de sofrerem as sanções previstas em lei.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

POR QUE OS MUNICÍPIOS NÃO INVESTEM EM SEGURANÇA?

 

Porque que os municípios com problemas de insegurança não investem em segurança para seus cidadãos?

Um levantamento divulgado ontem pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública aponta que, entre 2003 e 2010, os gastos dos municípios com segurança pública mais que dobraram, saltando de R$ 1,07 milhão para R$ 2,35 bilhões.
Os números foram divulgados pela socióloga Samira Bueno, coordenadora de projetos da ONG, durante seminário sobre segurança em Vitória (ES).
Apesar do crescimento, o estudo mostra que o número de cidades que declara investir em segurança cresceu apenas 8%, passando de 1.887 em 2003 para 2.047 em 2010. O país possui 5.564 municípios --ou seja, somente 37% investiam em segurança.
Samira chama atenção ao fato de o aumento de municípios que investem em segurança pública estar altamente concentrado nos Estados do Rio Grande do Sul e São Paulo.
"Entre 2000 e 2010, houve um incremento de 166 municípios que passaram a declarar gastos na função segurança. Destes, 123 estão são gaúchos e paulistas. Ou seja, 77% da responsabilidade desse aumento da participação dos municípios na segurança ficou na conta de apenas dois Estados", diz.
Ao analisar os dados, a pesquisadora observa que o apoio do governo federal para o desenvolvimento de projetos pode ser um dos fatores considerados para a expansão dos investimentos das prefeituras, inclusive por conta da contrapartida exigida aos aportes da União.
"O Fundo Nacional de Segurança Pública e o Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci) provavelmente influenciaram esses investimentos. A lei do fundo foi alterada em 2003 para permitir o repasse de recursos para municípios com ações de prevenção de 2001 até 2003, só aqueles com guardas podiam pleitear recursos", afirma.
Segundo o fórum, a Constituição atribui aos Estados a responsabilidade pela administração da segurança pública e, portanto, são deles os maiores investimentos na área.
Samira acredita que mais municípios serão induzidos a investir em segurança por conta da lei que cria o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), recentemente aprovada no Congresso, e que condiciona o repasse de recursos à existência de guardas municipais.
"Por outro lado, talvez serão poucos os municípios capazes de manter políticas municipais na área a partir desta nova exigência. Isso é algo preocupante, pois eles precisam criar capacidades institucionais e perenizarem suas atividades sobre o tema, uma vez que não poucos estudos mostram uma associação muito intensa entre organização urbana e violência", observa. "Em outras palavras, o município tem prerrogativas e pode fazer a diferença, mas precisa ter a clareza de que esse é o seu papel."
ESTADOS
Segundo o levantamento, todos os Estados das regiões Sul e Sudeste têm mais de 30% dos municípios declarando algum gasto em segurança, enquanto no Nordeste o gasto ainda é incipiente. Com exceção de Piauí e Bahia, os demais Estados não chegam a ter 20% de municípios fazendo investimentos.
"Em 2010, capitais como Campo Grande, Maceió, Porto Velho, Recife, Rio Branco e Teresina não declararam gasto algum com segurança, pelo menos não na função correta. Isso significa que não fizeram gastos na área? Pouco provável. Entendemos que, possivelmente, estes municípios não adotaram a prática de dar transparência às ações e estruturá-las de acordo com as regras de contabilidade da Lei de Responsabilidade Fiscal, que recomendam lançar os gastos por funções", explica.
Fonte:
Folha

http://www2.forumseguranca.org.br/content/munic%C3%ADpios-dobraram-gastos-com-seguran%C3%A7-p%C3%BAblica-aponta-estudo

terça-feira, 7 de agosto de 2012

BLOG DE POÇO BRANCO/RN - ANO IV: ÚLTIMAS DO BLOG

 

OPORTUNIDADE

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Poço Branco, em parceria com o SENAI, abre inscrições para os interessados em participar dos cursos oferecidos pelo PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). Os interessados, com idade a partir de 16 anos, devem procurar o CRAS no horário das 8h às 15h, munidos de RG, CPF, NIS e comprovante de residência.

Esta é uma excelente oportunidade de se qualificar profissionalmente e poder garantir um lugar no mercado de trabalho. Serão oferecidos 12 cursos, entre eles: eletricista instalador, pedreiro, mecânico, modelista de roupas, costureiro industrial, pintor e outros.

Mais informações no CRAS de Poço Branco.

BLOG DE POÇO BRANCO/RN - ANO IV: ÚLTIMAS DO BLOG

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

SINDGUARDAS/RN: ASSEMBLÉIA GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE NATAL

brasao_grande
ASSEMBLÉIA GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE NATAL

ATO PÚBLICO UNIFICADO

DATA: 14/08/12 (3ª FEIRA)
LOCAL: PRAÇA 07 DE SETEMBRO (PRÓX. À PREFEITURA)
HORÁRIO - 09h
Pauta:
1- ADICIONAL NOTURNO
2- ADICIONAL DE INSALUBRIDADE
3- CAOS DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL
SINDSAÚDE/RN - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do RN
SINDGUARDAS/RN - Sindicato de Guardas Municipais do RN
ANATA - Associação Natalense dos Trabalhadores da Administração Pública
*Ps: Os companheiros que comparecerem a este ato deverão vir fardados.

Postado por SINDGUARDAS/RN

SINDGUARDAS/RN: ASSEMBLÉIA GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE NATAL

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

CPF - Emissão gratuito pela internet.

 

 

Todos os brasileiros vão poder tirar o CPF sem custo nenhum pela internet a partir dos próximos dias. O anúncio será feito nesta quinta-feira pela Receita Federal.

Até agora, só havia a possibilidade de ser fazer o documento sem ônus em alguns estados do país em que houvesse entidades conveniadas com o Fisco.

O custo era de até R$ 5,70. A modalidade continuará existindo para quem não tiver acesso à rede. Não há idade mínima para a inscrição no CPF (recém-nascidos, por exemplo, podem ser inscritos). Além disso, brasileiros ou estrangeiros, residentes no Brasil ou no exterior podem ter o documento.

Cada pessoa pode se inscrever apenas uma vez. A inscrição do CPF pela internet está prevista na Instrução Normativa da Receita 1.042, de 10/06/2010, mas só agora foi implementada.

Postado por Sargento PM Sandra

SARGENTO SANDRA

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Reunião com Acessória Juridica

Acessória juridicaAjuri

Próxima quinta-feira (09/08/2012) as 09h00min Na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Poço Branco o SINDGUARDASRN estará disponibilizando o serviço de acessória Jurídica aos servidores públicos da Guarda Municipal de Poço Branco.

A iniciativa visa encaminhar a demanda imposta pela administração pública municipal, além do mais atende a solicitação dos servidores junto à diretoria do sindicato por intermédio das assembleias e reuniões com a categoria.

Seria de suma importância se as questões envolvendo os servidores e as administrações em torno das demandas trabalhistas fossem dirimidas no campo da diplomacia, no entanto, os administradores preferem empurrar os problemas com a barriga e repassa-los para as próximas administrações, restando aos funcionários buscar garantir os seus direito junto ao poder judiciário através dos instrumentos legais mediante a acessória de advogados.

No mais, os funcionários estão cassados de ter seus direito postergados, é sempre o mesmo discurso demagógico e sem escrúpulos, queria ver se algum vereador ou prefeito tendo que trabalhar ganhando um salário de R$665,00 estaria contente principalmente diante da falta de condições de trabalho e desrespeito ao direitos legais, “queremos menos discurso e mais recursos...”

O Guardião.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

GM de Poço Branco ganha Notoriedade através do engajamento de seus membros.

 

ONG imagesimages ONGimagesONG

Membros da Guarda Municipal de Poço Branco recebem convite para participar de ONG, trata-se da ONG Salva Guarda com foro na capital do Estado do Rio Grande do Norte e que visa apoiar e dar visibilidade as Guardas Municipais do RN através capitação de recursos e viabilização de projetos sociais focado na realidade do Município de cada Guarda membro.

SINDGUARDAS/RN: PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS GERAL GERA PERDAS PARA A CATEGORIA

 

PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS GERAL GERA PERDAS PARA A CATEGORIA

No próximo dia 14/08 (3ª feira), às 09h, na Praça 07 de  Setembro, o SINDGUARDAS/RN - Sindicato de Guardas Municipais do RN, SINDSAÚDE/RN - Sindicato dos Servidores da Saúde no RN e ANATA - Associação Natalense dos Trabalhadores da Administração Pública, realizarão ATO PÚBLICO contra perdas salariais e o desmonte dos serviços públicos.

Um dos pontos a ser debatido durante o Ato é o Decreto de Nº 9.711 de 29/05/12  que regulamenta o cálculo do Adicional Noturno conforme  a Lei Complementar Nº 119 de 03/12/10, que estabelelce e regulamenta a atribuição de adicionais e a concessão de gratificações gerais aos servidores públicos municipais de Natal. Esse adicional é recebido por várias categorias que atuam no serviço público municipal, como: Guardas Municipais, Segurança Patrimonial, Fiscais de Transporte e Trânsito, mais de 300 servidores da saúde, entre outros.

As perdas são frutos da implantação de um Plano de Cargos Geral que só beneficiou 10% da categoria e que mantem as categorias que compõem o GASG - Grupo Auxiliar de Serviços Gerais com seus salários congelados por pelo menos uma década, caso não seja revisto pelo próximo Governo Municipal.

Postado por SINDGUARDAS/RN

SINDGUARDAS/RN: PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS GERAL GERA PERDAS PARA A CATEGORIA

Do Blog:

Plano específico deve ser atribuído a cargos específicos, fazer diferente e um desrespeito aos servidores, no entanto e os gestores dolosamente negam esse direito.

Em poço branco os gestores que passaram negaram e os que estão continuam negando aos funcionários o direito a uma remuneração digna e condizente com as especificidades de cada cargo ou função causando prejuízo aos servidores e ao serviço público, devemos nos unir e dizer em uma só voz, “queremos menos discurso e mais recursos...” para trabalharmos e vivermos dignamente.