segunda-feira, 30 de julho de 2012

Motoboys devem se adequar às regras do Contran até proximo sábado dia 4.

 

Tem mudança no trânsito para os motoboys. Uma notícia que interessa a quem trabalha sobre duas rodas e a quem precisa dos serviços desses profissionais. As novas regras começam a valer em uma semana, mas só uma pequena parcela se preparou. Pelo menos em São Paulo, onde está a maior frota do país.

Os motoboys que trabalham com transporte de pessoas e de mercadorias têm só essa semana para se adequar às regras do Conselho Nacional de Trânsito. As aulas acontecem até no domingo. Mas, muitos reclamam que não encontram vaga.

Sala lotada em pleno domingo. E vão ser vários fins de semana longe do trânsito, para relembrar noções de pilotagem, segurança e cidadania.

“A gente esquece e acaba, na pressa, na urgência do serviço, esquecendo algumas coisas. Aqui tem que lembrar”, conta o motoboy Ronilson da Silva.

O esforço para melhorar na profissão também inclui aulas práticas.

“Quem sabe isso não fica melhor, para dar mais valor para a nossa profissão”, diz um motoboy.
A iniciativa desses profissionais passou a ser uma obrigação de toda a categoria. A partir do próximo sábado, só vai poder transportar pessoas e mercadorias o motociclista que passar por um curso profissionalizante.

O curso de 30 horas é uma exigência da lei federal que regulamenta a profissão de motofretista. A legislação prevê - e o professor lembra - que alguns equipamentos de proteção serão obrigatórios.

“A partir de quatro de agosto, colete é uso obrigatório para o motofrestista. Elemento refletivo envolto do baú completamente. Elemento refletivo nas laterais da motocicleta, e o dispositivo de proteção para as pernas”, explica o professor.

O motoboy que faz o curso tem que tirar a segunda via da carteira, que virá com a função de motofretista identificada. Além disso, a moto do profissional deverá ter placa vermelha.

A criação da lei é uma tentativa de baixar os números da violência no trânsito. Só na cidade de São Paulo, mais de 500 motociclistas morreram em acidentes no ano passado.

“Estamos aqui disponibilizando, fazendo a nossa parte, porque o mínimo que esperamos é o reconhecimento, tanto de beneficio salarial quanto também das pessoas que nos respeitem”, afirma o motoboy Thiago Nery.

O problema é que, a alguns dias do início da fiscalização, pouquíssimos motoboys passaram pelo curso. Dos 200 mil que circulam na capital paulista, só 4,5 mil estão certificados.

Os motoboys dizem que faltam vagas nos cursos para tanta gente, mas a instituição autorizada a capacitar os profissionais afirma que as aulas estão disponíveis há oito meses.

“Teve muito tempo para fazer, desde o ano passado que nós ofertamos vagas e só agora que aumentou a demanda”, afirma Francisca Biagione, diretora do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte.

O sindicato dos motoboys em São Paulo tenta negociar com as autoridades de trânsito para adiar o início da fiscalização.

“Dependendo do posicionamento do Detran, o sindicato não vai ter jeito. A gente vai tentar buscar um caminho talvez na Justiça para poder dar tempo da rapaziada se adequar”, explica Gilberto Almeida dos Santos, Presidente do Sindicato dos Motoboys de SP.

“De qualquer forma, se não tiver um documento suspendendo a eficácia da norma a partir de quatro de agosto, a Polícia Militar vai fiscalizar e vai aplicar a lei”, afirma Capitão Paulo Oliveira, chefe da divisão de policiamento de trânsito.

O Denatran - Departamento Nacional de Trânsito - garantiu que a data para início da fiscalização está mantida para o sábado (4). A multa para quem não se adequar à lei é de R$ 200 e a moto pode ser apreendida. A carteira de habilitação do motoboy também pode ser suspensa.

É importante reforçar: a lei é federal. Ou seja, todos os motoboys do país precisam se adaptar.

Materia extraida do Bom Dia Brasil. http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2012/07/motoboys-devem-se-adequar-regras-do-contran-ate-sabado-4.html

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Sindiguardasrn em Bento Fernandes.


A assembleia realizada em Bento Fernandes nesta sexta-feira (27) foi muito exitosa em vários aspectos, mais alguns aspectos devem ser ressaltados, devemos parabenizar os Gms de Bento Fernandes pela união da categoria, sobretudo a excelente mobilização junto à população e a classe política.
Como nas assembleias anteriores, além de consolida a atuação do sindicato junto as Guardas do interior do estado através do debate da realidade local de cada instituição a serie de assembleias busca planejar as ações da categoria, tendo como tema a regulamentação das GMs a Nível Nacional, organização sindical, o encontro estadual e a construção de uma pauta específica para cada município, alem de avaliar os avanços nos municípios que estão em processo de negociação entre a categoria e os gestores.
P7270036
Composição da mesa GM Braz - Ceará-Mirim, GM Rubens - João Câmara, Margarete Natal, Maurílio - Bento Fernandes, GM Robson - Poço Branco.
P7270013
GM Robson faz breve relato sobre a atual situação da GMPB.
P7270019
Dr. Marina faz análise sobre as discussões em torno das GMs participantes.
P7270017P7270023P7270026
Vereadores de Bento Fernandes, Marcos Câmara, Eduardo e o ex-comandante e canidatoa vereador Francisco Junior, fazerão discurso em prol da GMBF.
P7270028
GM Robson esclarece duvidas e questionamento levantados pelos participante
P7270035
Membros da Guarda Municipal de Bento Fernandes (GMBF)
Do blog: Mesmo diante das dificuldades e conscientes de suas falhas os vereadores de Bento Fernandes dão exemplo estando presente na assembleia ouvindo e se fazendo ser ouvido, melhor ainda, cumprindo o papel do vereador que participar das discussões locais, ainda mais sendo um assunto tão importante para os munícipes, a questão da segurança pública local, fica aqui o nosso apelo aos vereadores dos demais municípios sigam o exemplo dos vereadores de Bento Fernandes.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Parabéns Poço Branco!

 

Se hoje e dia de festa e de homenagens nada mais justo que essa data seja festeja e figura históricas e do presente sejam homenageadas no dia de hoje.

Parabéns a querida cidade de Poço Branco e a todos seus orgulhosos filho natos e adotivos que tanto fizeram e fazem por essa cidade tão acolhedora.

POÇO BRANCO IPOÇO BRANCO IIPOÇO BRANCO IIIPOÇO BRANCO IVPOÇO BRANCO VPOÇO BRANCO VI

P5260157P5150023P5260219P5260068

P5260213

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Confirmado!!!!!!

brasao_grande

ASSEMBLÉIA REGIONAL - ETAPA BENTO FERNANDES
DATA: 27 DE JULHO
HORÁRIO: 08h
LOCAL: CRAS - CENTRO DE REABILITAÇÃO SOCIAL
CARAVANAS CONFIRMADAS: Natal, Ceará-Mirim, João Cãmara, Poço Branco e Macau.

Postado por SINDGUARDAS/RN

Contamos com a Presença de Todos!

Mais Autonomia e Independência em prol da Cidadania.

 

Depois de muito tempo de espera a população de Poço Branco já pode vislumbrar o inicio da construção da Sede do Ministério Público Estadual e a preparação do terreno que ira abrigar a nova Sede do Judiciario Estadual no município.

Área destinada à construção da Sede do Ministério Público em Poço Branco.

P7250003

P7250006P7250002

Área destinada à construção do novo Fórum da Comarca de Poço Branco.

P7250001P7250007P7250004

O que é o MP: é uma instituição oficial, que pertence à estrutura estatal; está previsto na própria Constituição da República; existem o Ministério Público Estadual (atua nas Justiças Estaduais) e o Ministério Público Federal (atua na Justiça Federal). Depois do advento da Constituição de 1988, e também graças a outros instrumentos legislativos posteriores - por ex., Estatuto da Criança e do Adolescente (1990), Código de Defesa do Consumidor (1990), Lei de defesa da probidade administrativa (1992), o MP, que anteriormente tinha uma atuação mais destacada na área criminal, passou a ter uma atividade mais alargada, que se estendeu para outros campos atinentes à cidadania.

Importante característica do MP: é uma instituição independente e autônoma: não pertence nem ao Poder Executivo nem ao Poder Judiciário. Também: individualmente, cada Promotor de Justiça tem sua "independência funcional" (ou seja, ninguém, nem dentro da instituição - Procurador-Geral, Corregedor - , nem fora dela - Governador, Presidente da República, etc. - pode obrigar o promotor, num determinado caso concreto, a tomar ou deixar de tomar uma determinada medida); assim, dentro desta independência funcional, o promotor, quando analisa um caso, deve apenas satisfação à lei e à sua consciência (é importante ressaltar que estão previstos meios de controle, para evitar que esta "independência funcional" - que no fundo é uma garantia para a própria sociedade, e não para a pessoa do promotor - transforme-se em "arbítrio ou abuso funcional"; assim, por ex., num caso em que, tendo sido solicitadas providências ao promotor, haja arquivamento indevido quando é evidente que não seria caso de arquivamento, mas sim de tomada de providências, há previsão de recurso para órgão superior; em tese, é também possível acionar a Corregedoria - se houver indício de abuso ou arbítrio).

Função principal do MP: Em palavras simples, pode-se dizer, que o MP é o defensor da sociedade como um todo: atua quando, numa determinada situação, existe um INTERESSE PÚBLICO (ex.: busca a punição dos autores de crimes; repressão a atos de improbidade/desonestidade administrativa, tenham ou não causado prejuízo aos cofres públicos; defesa do meio ambiente; defesa do consumidor; proteção a crianças e adolescentes; atuação em questões urbanísticas).

Texto retirado da internet:http://www.portaldafamilia.org/artigos/artigo265.shtml

Segurança Pública vincula-se estreitamente ao Perfil do Gestor.

Guardas Municipais

III.1 – Do perfil do gestor municipal
Todas as pesquisas sobre o tema apontam que o sucesso de um empreendimento em segurança pública vincula-se estreitamente ao perfil do gestor.

Trata-se de uma observação importante porque algumas prefeituras têm encontrado dificuldades para encontrar um profissional habilitado capaz de assumir as complexas tarefas de gestão em segurança municipal. Em uma situação do tipo, o que poderia ocorrer seria a escolha de alguém não habilitado ou não vocacionado, o que tornaria inviável a própria proposta de segurança municipal. Afinal, não basta incorporar mais uma variável, o poder local, em uma equação por si só já bastante complexa. Impõe-se, a rigor, redefinir radicalmente a própria concepção de segurança pública, hoje em vigor, e, conseqüente, rever as próprias atribuições dos atores aí envolvidos.
Para fazer isso é preciso muita capacidade, um saber técnico refinado e liderança reconhecida. Um gestor em segurança deve possuir as seguintes características:

a) Competência política: o gestor deve exercer, naturalmente, uma liderança política. Sem ela, lhe faltará a capacidade para aproximar diferentes representantes da sociedade, através do conselho municipal de segurança e de outras instâncias de mobilização. Bem como, mobilizar, articular e integrar outras pastas municipais e, quando for o caso, outros entes federados.

b) Competência teórica, capacidade técnica e firmeza de princípios éticos: não basta ser um policial experiente ou um estudioso da matéria. O gestor deve ter uma visão ampla e capacidade de desenvolver um pensamento complexo, que envolva uma abordagem sistêmica. Trata-se de lidar, ao mesmo tempo, com muitos conflitos, interesses concorrentes, contraditórios e complementares. É preciso saber combinar pensamento global e prática local.

Ambos pressupõem o desenvolvimento de conhecimentos específicos sobre segurança urbana e prevenção da criminalidade. O gestor deverá ser, também, criativo e flexível de tal forma que possa responder rapidamente às mudanças no ambiente social. Deverá ter sensibilidade incomum para escutar os problemas das pessoas e para lidar com situações de tensão aguda. Deverá, ainda, possuir um julgamento crítico e contextualizador e ser tolerante para aceitar os riscos e incertezas que todo projeto empreendedor provoca.

c) Competência estratégica: capacidade de criar estratégias e de decidir o que fazer com base em diagnóstico rigoroso e sob inspiração de um planejamento racional, antes de lançar-se à ação, de forma voluntarista. Disposição para investir na qualidade e na inovação. Trabalho com processos, redes, conexões de relações e não com normas, regras automatizadas ou procedimentos burocratizados.

Capacidade de aprender com os erros, com os outros, e de facilitar processos contínuos de aprendizagem, reciclagem.
Coragem para romper com a improvisação meramente reativa, com o impulso inercial à repetição e com o amadorismo, em áreas que concentram ampla variedade de eventos, situações e conflitos.

Muitas vezes as habilidades são despertadas por meio de sensibilização e treinamentos, devendo haver incentivo para que o gestor da segurança municipal, mesmo que não tenha todas essas qualificações enumeradas, tenha a disponibilidade e condições para ser capacitado / formado, processo esse, aliás, que deve ser contínuo.

 

Texto copiado: Pg 22,23 do Guia para a Prevenção do Crime e da Violência, elaborado com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD / Brasil, Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp/MJ)

terça-feira, 24 de julho de 2012

Prevenção

 

A Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp/MJ), na implementação do Sistema Único de Segurança Pública – SUSP, reconhece a vocação e competência natural dos municípios para a implementação de políticas públicas básicas, especialmente as de prevenção da violência e criminalidade.

O município tem um papel fundamental na atuação da prevenção da violência e criminalidade, que consistem na realização de ações que visem reduzir os fatores de risco e aumentar os de proteção, que afetam a incidência do crime e da violência e seu impacto sobre os indivíduos, famílias, grupos e comunidades, especialmente em locais (bairros / regiões) e junto a grupos em situação de vulnerabilidade criminal.

A Senasp, dando cumprimento ao disposto no Programa de Segurança Pública para o Brasil do Governo Federal, tem investido recursos financeiros e tecnológicos, junto aos municípios, para a implementação de ações voltadas à prevenção da violência e criminalidade, que auxiliem estes entes federados na realização de diagnóstico, na formulação, implementação, acompanhamento e a avaliação dessas ações, com objetivo de proporcionar que o município seja um espaço de convivência que permita a expressão livre e criativa de seus cidadãos, de forma segura e pacífica. É imprescindível também que os municípios atuem de forma articulada com os governos estaduais, na implementação de políticas públicas de prevenção, visando a consolidação do SUSP.

Conheça algumas ações de prevenção:

Guia para a Prevenção do Crime e da Violência

Matriz Curricular Nacional para a Formação das Guardas Municipais

Observatório Democrático de Práticas de Prevenção

Tráfico de Seres Humanos

Boa notícia para o trabalhador: Saiba mais sobre benefícios do PIS

pismod1

Saiba mais sobre benefícios do PIS e baixe o calendário de pagamento

Boa notícia para o trabalhador: a Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta terça-feira (24) uma série de benefícios do PIS, o Programa de Integração Social.

Boa notícia para o trabalhador: a Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta terça-feira (24) uma série de benefícios do PIS, o Programa de Integração Social.

Saiba como receber o benefício
Veja o calendário de pagamento
Consulte se você tem direito ao benefício

CAIXA - Abono salarial

http://www.caixa.gov.br/Voce/Social/Beneficios/pis/index.asp

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Conheca a ONG Criança Segura

logos

A Criança Segura

A CRIANÇA SEGURA é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que tem como missão promover a prevenção de acidentes com crianças e adolescentes de até 14 anos.

Segundo o Ministério da Saúde, todos os anos, cerca de 4,7 mil crianças morrem e 125 mil são hospitalizadas vítimas de acidentes no Brasil. Estas lesões ocorrem devido à falta de cultura de prevenção, informação, cuidados no dia-a-dia, ausência de ambientes adequados à criança e leis específicas.

Acidentes de trânsito, afogamentos, sufocações, quedas, queimaduras, intoxicações, entre outros, podem ser evitados com ações educativas, modificações no meio ambiente, informação e criação e cumprimento de regulamentações adequadas.

A Criança Segura - Criança Segura

terça-feira, 17 de julho de 2012

Assembléias Regionais SINDGUARDASRN.

 

Assembléias Regionais SINDGUARDASRN.

ETAPA: Bento Fernandes

Assembleia do SINDGUARDASRN

segunda-feira, 16 de julho de 2012

SENAC-RN - Qualificação que abre portas | (84) 4005 1000

arq_4ffffd7d2830c

Programa Senac Gratuidade lança vagas gratuitas para agosto

Faça sua inscrição de 16 a 23 de julho: clique aqui

Veja a Política do Programa: clique aqui

Confira o quadro vagas por município: clique aqui

Dúvidas Frequentes: clique aqui

O PSG tem o objetivo de promover a inclusão social por meio da oferta de vagas gratuitas para a população de baixa renda em cursos de Formação Inicial e Nível Técnico. Somente nos meses de abril e junho, mais de 1.300 novos alunos iniciaram cursos no Senac, a partir dos benefícios do Programa. Até dezembro, o PSG ofertará o total de 4.782 bolsas de estudos integrais no Rio Grande do Norte.

Processo Seletivo

A seleção dos candidatos ocorre de acordo com a ordem da inscrição efetuada no site do Senac, observando-se também os critérios definidos pela Política do PSG: possuir renda familiar mensal per capita de até dois salários mínimos federais e atender aos requisitos exigidos pelo curso escolhido, que variam de acordo com a modalidade escolhida. 

Logo após a realização da inscrição, os candidatos com as melhores classificações serão convocados, através de publicação de listas no site da instituição, para apresentação dos documentos comprobatórios de renda e requisitos do curso pelo qual optou. Serão realizadas convocações ao longo o período de inscrição, até o preenchimento de todas as vagas.  

Os processos seletivos para cursos inseridos no PSG são lançados mensalmente. Os candidatos que não forem contemplados na atual seleção, poderão se inscrever novamente nas próximas etapas.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (84) 4005-1000.

SENAC-RN - Qualificação que abre portas | (84) 4005 1000

sábado, 14 de julho de 2012

Notícias - Curso para Educadores Sobre Drogas.

imagesCA6FVQN0

Inscrições em curso para educadores sobre drogas vão até 30 de julho
Foram prorrogadas até 30 de julho as inscrições para a 5ª edição do Curso de Prevenção do Uso de Drogas. Podem se inscrever professores da rede pública de ensino de todo o país. Há 70 mil vagas para educadores de escolas públicas. A capacitação é realizada pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça em parceria com Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC).
As aulas a distância ocorrem de agosto de 2012 a abril de 2013 e estão sob a responsabilidade do Programa de Estudos e Atenção às Dependências Químicas (Prodequi) da Universidade de Brasília (UnB). Não há custos para os participantes. A atividade faz parte do programa do governo federal Crack, é possível vencer. As inscrições devem ser feitas pelo site educadores.senad.gov.br.
Serão aceitas inscrições de educadores efetivos ou temporários de escola pública estadual, municipal ou do Distrito Federal do ensino fundamental ou médio de todo o Brasil, em exercício em unidades de ensino. Cada escola deve inscrever, no mínimo, cinco professores para que seja formada uma turma na instituição de ensino.
O curso tem como objetivo formar esses profissionais para elaborar e implementar projetos de ações preventivas para a escola, contribuindo com o fortalecimento da comunidade escolar na prevenção ao uso de drogas. Haverá cinco módulos com tutoria virtual no período de oito meses. Cada estudante receberá um kit individual composto de livro-texto e DVD.
Os educadores inscritos deverão ter acesso à internet e disponibilidade semanal para estudo e realização das atividades exigidas pelo curso, com apoio institucional para a realização do projeto de prevenção do uso de drogas da escola. O aprovados receberão Diploma de Curso de Extensão Universitária, de carga horária de 180 horas, emitido pela UnB.
As dúvidas sobre o curso podem ser sanadas pelo telefone (61) 3107 8912 e pelo e-mail
tirandoduvidas.prodequi@gmail.com.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Assembléias Regionais do SINDGURADASRN em Poço Branco.

P7100060P7100099

Assembléia do Sindicato de Guardas do estado do RN – SINDGUARDASRN em Poço Branco contou com a participação de varias representatividades regionais e locais Além da participação de vários servidores da GM de Poço Branco.

O evento realizado em Poço Branco faz parte do calendário de Assembléias Regionais do SINDGURADASRN.

Além de buscar construir a pauta de reivindicações locais a assembléia presta esclarecimentos a cerca de assuntos importantes como o projeto de Regulamentação das Guardas Municipais aprovado pela comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados e outras conquistas.

Durante a fala do representante dos servidores da Guarda Municipal de Poço Branco foi enfatizado a questão da falta de valorização dos servidores e a fragilização da instituição, as instituições presentes cobraram a participação dos gestores e dos vereadores no evento, ficando clara a falda de compromisso com a categoria da Guarda Municipal de Poço Branco já que nem um representante da Administração nem do Legislativo esteve presente a não ser pela participação do candidato a vereador o Sr Jorge Luiz.

P7100103P7100110

Do blog: E uma pena ver em plena campanha eleitoral tão grande desconsideração para com uma categoria que a 11 anos e desprivilegiadas, atualmente conta com 25 servidores, pais e mães de família clamando pelo reconhecimento de direitos fundamentais, são 25 votos que pela regra multiplicados por 3 tem a condição de fazer a diferença, e é esse o recado que deixo aos amigos Gms de Poço Branco e chegada a hora de Fazer e diferença de ver quem realmente tem compromisso e respeito por nossa categoria.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Guarda Municipal do Natal - GMN

Regulamentação das Guardas Municipais

Atividade profissional do Guarda Municipal vai ser regulamentada por lei Federal.

A comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal dos Deputados aprovou o projeto de lei 1332/03 que regulamenta as atribuições e competências das guardas municipais. O texto é do relator do projeto deputado Fernando Francischini (PSDB), porém a Secretaria Nacional de Segurança Publica (Senasp) apresentou um projeto substitutivo que contrapõe alguns aspectos do texto que se encontra em tramitação na Câmara.
Disponibilizamos a seguir os dois documentos para fazer ciente toda a corporação do que esta sendo tratado a nível federal sobre as atribuições e competências das guardas municipais no Brasil.
Os arquivos podem ser baixados no link:

GUARDA MUNICIPAL REGULAMENTAÇÃO

Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Postado porGuarda Municipal do Natal

Guarda Municipal do Natal - GMN

sexta-feira, 6 de julho de 2012

O Guardião.

O GT.pro GMPB e o SINDGUARDASRN Através de sua Coordenação Regional convida todas as Guardas Municipais do Estado e em especial os servidores da Guarda Municipal de Poço Branco, assim como as autoridades municipais e toda a população a participar desta grande evento.
Assembleia do SINDGUARDASRN
Na ocasião contaremos com a presença das guardas municipais de Macau, João Câmara, Bento Fernandes, e Santo Antonio do Salto da Onça, Ceará-Mirim e Natal.
O Guardião.

domingo, 1 de julho de 2012

Assembleia SINDGUARDARN Poço Branco.

flowRoot2847BANDEIRA GUARDA MUNICIPALIII

Confirmado 

Data para a realização de assembleia do SindguardaRN em Poço Branco.
Segundo definido em reunião do GTproGMPB na noite do dia 29 (sexta-feira) a assembleia será realizada no dia 10 de julho a partir das 08h:00min.
Na Câmara Municipal.

Convidamos todos os Guardas e comunidade em geral para participarem deste importante momento.

Imagem Blgo GMPBIIQuem tem compromisso com a população vai está presente!