sábado, 9 de janeiro de 2010

O Aviso Foi Dado.

Hoje (sábado, 09 de janeiro) por volta das 15:20 Poço Branco por alguns segundos pode reviver o ocorrido nos anos de 1986.
O tremor foi rápido, porem forte e pode ser sentido por toda a cidade, a grande maioria saia de suas casas meio sem saber direito o que estava acontecendo, porem os que viveram aqueles anos de terror sabia e tentava explicar aos que se aglomeravam a frente das casas por todas as ruas.
Relembrando a Historia
30 de novembro de 1986 – Terremoto abala o Rio Grande do Norte
30/11/2009 - 00:01 Enviado por: Thiago Jansen materia retirada do http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?blogid=57&archive=2009-11
O sismógrafo – aparelho que registra ondas sísmicas e mede a força dos terremotos – da Universidade Federal de Brasília (UnB) registrou a ocorrência de um tremor de terra de 5,8 graus na escala Richter (que vai até 9) o que é um tremor forte, na região de João Câmara, Rio Grande do Norte. O tremor foi sentido em outras regiões do Nordeste, como Recife e Olinda, em menor intensidade, e deixou pelo menos três mil casas abaladas, segundo o prefeito de João Câmara, José Ribamar Leite.Com os abalos sísmicos, metade da população de João Câmara deixou a cidade. Vinte casas foram inteiramente destruídas e 1.500 foram parcialmente danificadas. Muitas casas desabaram também nos distritos de Poço Branco e Matão, e muitas construções foram abaladas, principalmente as mais antigas. Os serviços de energia elétrica e telefone foram interrompidos durante os primeiro abalos, mas foram restabelecidos posteriormente. Uma rachadura enorme provocada pelos tremores na igreja Matriz de Nossa Senhora Mãe dos Homens ameaçou fazer desabar a grande torre do campanário. Dos dois hospitais da cidade, apenas o maior, que pertencia a paróquia, continuava funcionando. O outro, que pertencia à Secretaria de Saúde do Estado, foi interditado por medida de segurança pois suas paredes apresentavam grandes rachaduras.– O comércio parou de funcionar, porque as pessoas estão traumatizadas. Ninguém trabalha no campo também, porque fica preocupado com a família em casa. Precisamos de toda ajuda possível – comentou o prefeito da cidade no dia seguinte ao tremor, lembrando com desapontamento a falta de auxílio dada à população da cidade em tremores anteriores.O diretor do Observatório Nacional - Rio de Janeiro, físico Jacques Danon, afirmou que a situação da cidade era preocupante já que novos sismos ainda maiores poderiam ocorrer, e orientou a Defesa Civil a se manter alerta para o caso da necessidade de retirar a população da área afetada. A região de João Câmara é considerada sismicamente ativa (sujeita a terremotos) por estar próxima de uma falha geológica. Cerca de três mil pequenos tremores foram registrados na região no período de 21 de agosto a 9 de outubro de 1986. Os tremores são provocados pela liberação da energia que se acumula no ponto de contato entre duas placas tectônicas (regiões da superfície da Terra que se movem uma em direção à outra). Quando as rochas não suportam mais a pressão acumulada, elas se deslocam provocando os tremores de terra

Nenhum comentário: